Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Por várias vezes já me perguntaram porquê. E eu esquivo-me, com muitas racionalidades e justificando que o resto não tenho como explicar. Porquê? Não faço ideia, porra! Porque sim, como não? Bate certinho, ao milímetro, nem mais nem menos, medidas perfeitas na transcendentalidade do que não se pode medir. Acasos, coincidências, magia, alquimia... Porque é, não sei. Mas é. Cada vez mais tenho uma certeza inabalável, que nasceu dum sopro que me iluminou a alma. A parte racionalizável já tinha sido exposta, a alquimia foi há dias certos, contados, não vou dizer quantos que é quase humilhante. E assim foi. Foi o sorriso, cheguei a dizer?