Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Ao ler este artigo, confirmo alguns dogmas pessoais que faço questão de manter presentes. Quero lá saber que achem que tenho mau-feitio, que sou impulsiva, que estranhem que as minhas prioridades não coincidam com as da "norma".


 


A única coisa que todas as pessoas têm em comum é que toda a gente morre. E, regra geral, ninguém sabe ao certo como e quando é que a morte lhes chega. Até prova em contrário, parece que só se tem uma vida (ou, vá, memória duma vida). Então, o racional não é seguir o trilho dos outros, viver acomodado a rotinas infrutíferas, fazer só o que já foi feito, porque é isso que os outros esperam de nós.


 


Se só tens a tua vida para viver, e só tu podes gozar esta tua vida, que diferença faz o que os outros pensam?


Se te apetece largar tudo para correr atrás daquele "sonho maluco", vai! Se percebeste agora que queres o oposto do que tens, volta atrás. Se te sentes mal, escolhe o que te faz bem. Go for it! Agarra-te aos sonhos e à alegria de viver. E sobretudo, não deixes que ninguém te diga o que deves ou não fazer. Sê o dono do teu presente e do teu futuro, abre as asas e vai ser feliz! :)