Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Parece que já não há mais estrada p'ra andar.

 

Não sei se é definitivo ou não, já não sei de nada, mas sei que por agora não me apetece continuar com o blogue e outras coisas. Não se deve pôr sal nas feridas, sobretudo quando elas estão abertas.

 

 

 

Obrigada a todos quantos foram lendo e apoiando, num ou noutro momento, ou sempre, dentro e fora da blogosfera. Não teria, mesmo, valido a pena sem vocês.

 

 

 

Um grande abraço para cada um de vocês,

 

 

 

Viajante Intemporal, Pipoca dos Saltos Altos, Rafa, Closet, miúda*, Carla Ferreira, Mulher Certa, Starkhyel, Mar Ta, Sir Jon White Smith, Patrícia, João Tiago, Estadista de Algibeira, Amiana Li, Cláudia Oliveira, Francisco, Phoebe, Sílvia, Pequeno Ouriço, Cátia, Beagle, Pedro de Paris, One Guy Alone, Ondine, Monóloga, Maria Ferreira, Sandra, Eva, Lily Braun, CRS, João, Gualter Ego, efoi, Fausto, limoeselimonadas, PaperLife, Lia, Segredos, Vegan Wolf, Tanita, vultus, Sara Maria, Piolho Sintético, Pólo Norte, Folhas Perdidas, o meueudepapel, anónimos fofinhos, todos os de que agora não me estou a lembrar e até ao Parvalhão e ao Blue Hotel.