Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

 



 

Não mesmo. Podem fechar-se portas, podem quebrar-se os elos virtuais, pode fingir-se que nunca aconteceram os telefonemas aflitos, de preocupação e de carinho, pode nunca mais ter-se entornado uma palavra honesta, podem queimar-se as fotografias, pode seguir-se em frente de queixo muito erguido e sem olhar para trás. Poder, pode. Mas o que somos é também o que fomos uns para os outros. Era mais bonito trocar um sorriso e fazer de conta que tudo está sanado, desejar feliz ano novo e mandar sms de parabéns, era. Mas talvez porque isso nunca faria jus ao que foi, talvez porque tenha sido tão mais bonito, talvez porque se dermos bem conta da ocorrência sente-se-lhe a falta. Bonito é guardar as pessoas bonitas, mesmo que a estória não tenha tido um final bonito, ainda não.


 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.