Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Redondos, os olhos a interrogar.


Perguntas como flechas que nem o silêncio desvia.


Direitos a mim, redondos, na aflição do alívio.


 


 


Não te aflijas, passarinho. Guarda as asas para quem tas souber navegar.


Nunca disse para sempre neste ou noutro lugar. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.