Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Ando nesta vida dos blogues há carradas de anos. Fui mudando de endereço, fiz umas pausas pelo meio, fui afinando o registo com as cargas de porrada da vida e, tendo tido a sorte de encontrar “O” melhor homem do mundo para partilhar a vida, lembrámo-nos de estender a pareceria doméstica também aos blogues. Criámos então o AntiBlogue. Eu escrevia cenas várias, ele era o DJ de serviço, às vezes trocávamos de papel, outras vezes entrávamos em hibernação…
Mas vocês sabem como são as mulheres, sempre a inventar e complicar, e eu decidi que precisava de um espaço mais meu, que não tenha de fazer sentido (muito à minha semelhança), com liberdades poéticas e estilísticas e com espaço para os devaneios surreais que servem de escape artístico. Vai daí, fiz as malinhas, arrumei a trouxa nas novas estantes e abandonei o gajo à sua sorte. Seguimos caminhos separados, cada um por si. E estamos bem, porque antes de sermos um casal, somos duas pessoas distintas e com necessidades distintas, personalidades diferentes e identidades em permanente evolução.

Frase-de-Amor-Escrita.jpg

O gajo não precisa, porque ainda esta semana esteve destacado pelo Sapito, mas ele é mesmo O melhor do mundo, apesar de lampião. E caviarzinho.

Ide lá encher-lhe o ego, ide!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.