Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem




 


Para dar vida, sob a forma de sangue, só precisas de:


- ser saudável


- ter entre 18 e 65 anos


- pesar mais de 50 Kg


- dirigir-te a um dos centros regionais de sangue de Lisboa, Porto e Coimbra, unidades móveis ou hospitais que fazem recolha.


 


Se queres saber mais ou tens dúvidas, espreita o Instituto Português do Sangue.


 


Não custa nada. :)


 


E ser dador de medula? Porquê? Imagina que diagnosticam, a ti ou a alguém dos que queres bem, uma leucemia que só é tratável com um transplante de medula, tal como acontece com o João André. E que não há na família um dador compatível. Gostavas que essa vida fosse salva, certo? Então, se és saudável, faz a tua parte. Como? Ainda mais fácil do que dar sangue! Só é preciso responder a um questionário (parecido com o questionário para ser dador de sangue) e tirar um bocadinho do teu sangue para análises várias. A informação fica armazenada numa base de dados e se fores compatível com alguém que precise, és chamado e fazes a doação. Assim tão simples.


 


Podes dirigir-te a um dos locais que indico abaixo, ou a uma unidade de sangue do hospital da tua zona e perguntar qual o local mais próximo. Por exemplo, no Hospital Amadora Sintra, também te podes inscrever.


 


Para ser dador de medula deves dirigir-te:
CEDACE, Registo Português de Dadores de Medula Óssea


Hospital Pulido Valente


Alameda das Linhas de Torres, 117 1769-001 LISBOA Tel. 21 750 41 00 Fax. 21 750 41 41
Centro de Histocompatibilidade do Centro


Pcta Prof. Mota Pinto - Edf. São Jerónimo, 4º Apartado 9041 3001-301 Coimbra Tel: 239480700/719
Centro de Histocompatibilidade do Norte


R.Roberto Frias - Pavilhão Maria Fernanda4200-467 PortoTel. 22 51 9102 ou 22 557 3470
IPO de Lisboa


R. Prof. Lima Basto, 2º Andar 1099-023 Lisboa Telefone (Geral) 217229800 / 217200400
Mais informações em: http://www.apcl.pt - http://www.chsul.pt - http://www.chnorte.min-saude.pt