Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem


Estórias, muitas, por essas faces mais ou menos anónimas fora. Mas as nossas são mais reais, doeram mais, porque a pele e o sangue derramado no chão e por entre os livros eram nossos, do nosso vermelho-paixão. A profundidade de cada soluço capaz de despegar qualquer vislumbre de alegria do peito. Do avesso. Olhamos para ontem e nada ficou no sítio, a realidade trocou lugar com um universo paralelo em que as eternidades já se acabaram.


 




…e só então estremecem as certezas que tinha.





 


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.