Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Corri um risco, pelo isco.


Tinha nome de constelação. Era tudo o que parecia ser e parecia um tesouro raro, com qualidades que aprecio e me falam ao coração. Cheia de defesas (armadura de ferro e arame farpado) fui abrindo a porta e os sorrisos. Querendo acreditar, mas cheia de medo de novas nódoas negras emocionais, que as novas já não têm onde caber e as antigas não dão sinais de sarar. Ou procurando comprovar que não, que nunca mais, que ninguém. O receio falou mais alto. Bati todos os records de rapidez e consegui enxotar a constelação inteirinha enquanto o diabo esfrega um olho. E com uma grande pinta.


 


Podem passar um certificado de estupidez em nome de sótôra Ventania. Eu mereço!


 


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.