Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

  • 1 alho francês grande (só a parte branca)

  • 1 couve-flor grande

  • 2 dentes de alho

  • 0.5 dl azeite virgem

  • 1 colher chá de curcuma (açafrão-das-índias) em pó

  • 1 colher chá de gengibre em pó

  • 2 ou 3 paus de canela

  • sal marinho

  • pimenta preta moída na hora

  • água q.b.


Para quem adora canela, curcuma e couve-flor, como eu, esta sopa é das coisas mais deliciosas que se pode cozinhar em menos de nada. É super fácil de preparar, tem poucos ingredientes, e fica um creme aveludado e perfumado absolutamente irresistível.


Aos ingredientes listados acima ainda acrescentei um rabanete grande e lindo que estava no frigorífico e achei que ficava bem melhor dentro da panela.


Dentro da panela da sopa coloca-se o dente de alho grosseiramente picado e o azeite. Se quiser usar uma cebola picada, é aqui o momento (não usei). Deixar alourar um pouco e juntar os restantes vegetais, cortados em pedaços. Tapar com água a ferver (poupa-se imenso tempo se acrescentar a água já fervente em vez de fria, por isso o jarro térmico é o grande aliado neste momento), colocar os temperos e deixar em lume médio até os legumes ficarem bem cozidos. Retirar os paus de canela e passar tudo com a varinha mágica. No final, se necessário, rectificar os temperos.


Servir quente e, se se gostar, com uma colherinha de leite de coco para contrastar.


 


Esta sopa está cheia de ingredientes conhecidos por estimular a imunidade e pela sua acção anti-inflamatória, além de que se diz que "aceleram" o metabolismo (efeito da actividade estimulante da canela, picantes e gengibre). Independentemente disso, fica um creme muito suave e agradável ao paladar, com sabores exóticos e muito elegantes.


Como eu abuso da curcuma, a minha sopa fica de um amarelo quase fluorescente...


IMG_5683.JPG

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.