Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Escrito há algum tempo, quando não havia fresta de dúvida. É o teu presente de aniversário. Parabéns.



  • Não mais ter de traduzir as metáforas.

  • Os beijos. Únicos. Os mais doces.

  • Duas mãos que buscam incessantemente as minhas (independentemente do onde e do quando).

  • Os sorrisos em que os olhos enfrentam e contemplam os meus.

  • O sentimento de igualdade. Não melhor nem pior em nada.

  • A descoberta, de assuntos e canções e planos a cada duas frases.

  • A vontade de estarmos presentes em cada momento. Nem só nos bons, nem só nos maus.

  • Sentir-me bonita aos olhos dele.

  • A sensualidade não se esgotar à superfície da pele.

  • Fazer descobertas no outro não implica necessariamente fazer concessões.

  • Nunca haver espaço para duvidar que aquele amor é todo meu.


 


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.