Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Estar triste não é estar deprimido. E vice-versa. Não necessariamente. A linha pode ser ténue e é com excesso de tristeza que a maior parte das depressões se alimentam. E para não deixar a depressão instalar-se, ou para a mandar porta fora, há que fazê-la passar fome. Limitar as tristezas, ocupar a mente com outras coisas, com projectos, com ficção, com o que seja. Procurar os lados positivos que existem sempre, no passado e no presente. Sorrir muito, mesmo quando a vontade contraria. Oferecer sorrisos aos outros e enganar o cérebro. Fazer coisas de que se gosta. Ouvir música positiva. Abrir as janelas todas, da casa e da alma. Deixar entrar o Sol.


 



 


 



 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.