Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

  • adormecer antes de ter terminado de jantar

  • adormecer abraçada ao aquecedor

  • fechar os olhos entre duas estações de metro e ter uma epifania on the move

  • baixar os braços e continuar a bater nas paredes

  • deixar de lutar contra as manifestações emocionais mais deslocadas

  • escrever todo o tipo de baboseiras no blogue para fingir que não houve tempo de publicar as páginas e páginas de revoltas e angústias que atormentam cada vez mais

  • resignar os olhos ao inchaço que se tornou constante

  • entregar a saudade a uma fotografia que passou a andar sempre comigo

  • desviar o assunto 24h por dia, quando o assunto me assola 24h por dia


Lutar contra os sentimentos (puros e genuínos, já disse?) cansa com'ó caraças. Tentar esquecer o inesquecível e pôr para trás das costas o que de mais precioso se teve é uma traição; aceitar as impossibilidades e as curvas dum fado escrito por outrem causa-me overload a nível celular. Parece-me que ando a tentar forçar o planeta a girar no sentido contrário com o poder da mente. E a mente está por um fio. Estou verdadeiramente exausta de andar aqui.


12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2