Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Era um amor triste, cheio de distâncias intervaladas. Era um amor só, de olhos baixos e mãos vazias. Era um amor de costas voltadas, de beijos sem resposta. Era um amor que precisava ser largado ao vento e deixado partir.


 


 



 


 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.