Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Estávamos em Madrid, a trabalho. Íamos todos jantar com mais colegas. Descemos a rua do hotel e caminhávamos em direcção ao ponto de encontro. Passa um casal abraçado que um momento antes estava parado, a beijar-se ternamente. Iam com aquele sorriso que só os apaixonados têm, sem saber porquê, só porque a outra pessoa existe. Uma colega volta-se para trás, boca aberta, às risadinhas. "Vocês viram?!", exclamava ela em busca de cúmplices. Ninguém lhe deu conversa. "Eram dois homens! Viram?", insistia, enquanto o resto do grupo fazia por ignorar a parolice. Alguém rematou (aliás, marcou golo) com "Era um casal de namorados, e então?".

 

Enquanto onde uns vemos um casal outros virem algo diferente, a igualdade continuará a ser um sonho. 

0c6bfcee38d2200f3665a1cbabba4833.jpg

2d21562f927ceff1106ff2b4b037d6e2.jpg

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.