Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Pois é, lembram-se disto?


 


Prometido é devid(r)o e, tendo já passado umas semanas de utilização consistente, posso fazer uma crítica fundamentada.


O produto em causa é o elixir para cabelos Orofluido. E devo dizer que é muito bom sim senhor! Os frascos são grandes (100 ml) e duram uma eternidade, porque só umas gotinhas bastam para cada aplicação. Cada embalagem ainda traz 3 miniaturas de 5 ml, o que dá imenso jeito para levar na carteira, ou para o ginásio ou um fim-de-semana fora. E o que mais interessa: deixa o cabelo brilhante, nutrido, muito sedoso e com um cheirinho muito agradável. Eu tenho o cabelo fininho, comprido e com ondulação natural, com tendência a pontas espigadas e quebradiças. Já usei uma panóplia de séruns para pontas, cremes, etc. e tal, e devo dizer que o Orofluido bate-os a todos. (Um outro muito bom é também um sérum da Avon, de preço bem acessível e com efeitos semelhantes ao Orofluido, mas em embalagens de 30 ml.)


 


 




 


 


 


 


 


Pronto, publicidade gratuita feita. Agora resta acrescentar uma nota menos positiva. Senhores da Orofluido, o vosso produto é uma mistura de óleos ricos, ou seja, é gorduroso. Deixa as mãos "sedosas", tal como o cabelo. O frasquinho é de vidro. Mãos sedosas + frasco de vidro = splash. Dá um prejuízo do catano! E nem vos conto a trabalheira que foi limpar o chão da casa-de-banho... Posto isto, agradecia encarecidamente que ponderassem alterar a embalagem para PET reciclável, sim? Obrigadinhas.


 


Se alguém quiser adquirir Orofluido (sim, comprei mais do que vou gastar nos próximos 3 anos), é enviar mailito para ventaniaazul@gmail.com.

2 comentários

Comentar post