Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Tive uma chefe, há uns 15 anos, que me dizia isto sempre que eu contestava alguma coisa no local de trabalho ou de forma pública contra as políticas da empresa que nos pagava o salário. Não foram poucas vezes e nunca conseguiu demover-me, naturalmente.

Não posso discordar da frase, contudo. Só discordo no fundamental da questão. É que não é o patrão que tem a bondade de me alimentar com os seus míseros tostões, é a minha força de trabalho que alimenta a riqueza do patrão. A subversão do paradigma alimenta o medo e o poder dos mais fortes, até que os trabalhadores percebam que esse poder, podia, e devia, estar nas mãos de quem produz. Até que se sintam, finalmente, mordidos até ao osso, e percebam que das mãos se fazem punhos erguidos e dos punhos se fazem vitórias.

eagle-revolution_00298463.jpg

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.