Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Estamos em Setembro. Não é ano novo? Pois não. Mas apetece-me fazer new year resolutions, o que é sempre uma boa desculpa para levantar os olhos da puta da tese. Como não tenho tido tempo para me coçar (nem para dormir, nem estar com os amigos e família, nem para ser fada do lar umas horas por semana, nem para nada que não seja trabalhar para 'eles' e, nos intervalos, trabalhar para mim), toca de fazer planos para quando o meu tempo for igual aos das outras pessoas crescidas, quando os fins-de-semana forem sinónimo de descanso e actividades lúdicas, quando a palavra férias for familiar, quando as noites puderem incluir um ocasional jantar, as tardes um ocasional refresco.


Dada a justificação, que só eu pedi (ser chefe de mim própria é quase uma bipolaridade), cá vamos. Assim que tornar a ter vida quero:


 


- viajar muito mais (esta é óbvia para quem me conhece): agarrar numa das minhas companhias preferidas e ir de fim-de-semana para qualquer lado no mundo; estão na lista das urgências Paris, Suiça, Holanda, Bélgica, Picos da Europa, Douro Internacional, Sevilha, Escócia...


- Experimentar viajar sozinha (este é um desafio);


- Ir uma semanita de férias com amigos pela Croácia e Bósnia fora; Ir a Havana antes do Fidel ir embora (apesar dele ser imortal, quero dar-lhe uma beijoca nas barbas... ou não!);


- Férias grandes pela África profunda (3 semanas pela Tanzânia, Quénia, África do Sul...);


- pensar numa maneira de ter dinheiro para as viagens todas que quero fazer;


- (arranjar tomates para) partir à luta pelo homem que amo (e como é que isso se faz? beats me...);


- Fazer o trans-siberiano (mais um sonho antigo);


- Ir até aos antípodas e ganhar sotaque, ver dingos e cangurus;


- tirar um curso de fotografia 'a sério';


- escrever mais regularmente e arregaçar mangas para lançar um projecto (a definir, aceitam-se sugestões);


- virar do avesso a minha vida profissional (arriscar e mudar tudo outra vez, enveredar por uma área que me dê mais gozo; ou seja, arranjar lenha para me queimar);


- arranjar coragem para fazer mais uma dieta a sério (que isto do stress dá-me para tudo menos para perder peso) e perder uns 7 Kg; ou 12; a ver...


- endireitar alguns ossos...


- fazer uma permanente de pestanas;


- ir às festas lisboetas do Santo António em 2010;


- aprender a mergulhar;


- começar a conduzir mais (o que se calhar implica arranjar um canela-móbil e maneira de sustentá-lo...);


- fazer cursos de castelhano e francês para desenferrujar; melhorar o alemão; aprender mais uma língua (italiano, chinês ou russo);


- fazer almoços e jantares para os amigos, cá em casa, em volta dum bom vinho, petiscos na varanda a ver o rio, hmmm...


- começar a fazer psicoterapia;


- ir ao cinema pelo menos 2 vezes por mês;


- descobrir sítios novos para jantar fora (o FoundYou e o Bem-Me-Quer estão na calha);


- ir aos festivais de verão e a outros concertos, que eu adoro música ao vivo;


- aprender a andar de bicicleta e comprar uma baratuxa;


- aprender a andar de saltos altos (pois... mergulhar e andar de bicicleta parece ser tão mais fácil!);


- nunca mais perder uma Festa do Avante;


- Ir à Redbull Air Race;


- Andar de balão, fazer pára-pente (tirar o brevet de piloto quando for rica);


- ir às compras com as amigas como as "gajas normais";


- terminar os detalhes no palácio (pintar as paredes, ultimar com umas fotografias artísticas, compôr a garrafeira, etc.);


 


(aposto que esta lista vai crescer muito mais)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.