Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Outra vez, sim. Eu adoro a obra da Paula Rego! Ou não fosse uma fervorosa devota do surrealismo e expressionismo (além do impressionismo, que me enche as medidas e admiro profundamente quer em termos estéticos, quer na técnica e na essência artística que comunica), movimentos que me tocam de um modo muito especial e me transportam para planos alternativos da realidade, em que tudo é mais forte, mais belo ou mais fatal.

[Qualquer dia tiro um curso de História da Arte só porque sim, porque ainda não explorei devidamente esta paixão que tem tanto poder em mim. Eu sou a palerma que se emociona nos museus e que tem epifanias sobre a vida, a liberdade e o amor em frente a quadros de water lillies e de beijos.]

Para quem tiver possibilidade de visitar, há uma pequena exposição, "O Mundo Fantástico de Paula Rego", de entrada gratuita, a decorrer no Centro Comercial Colombo (Lisboa), em parceria com a Casa das Histórias Paula Rego, até 27 de Setembro. São litografias, gravuras e pinturas, unidas pelo facto de terem sido inspiradas pelo fantástico, em obras literárias ou histórias pessoais.

As narrativas que a Paula Rego constrói a partir de um mundo fantástico e grotesco que lhe domina a mente são - a Paula Rego é - absolutamente genial.

IMG_8311.JPG

IMG_8313.JPG

IMG_8319.JPG

IMG_8326.JPG

fadaazul.jpg

Aproitem ainda para ver, quando vos for possível, o filme "Paula Rego, Histórias e Segredos", do seu filho Nick Willing. Passou há umas semanas na RTP.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.