Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Não escrevo porque dói escrever. Dói cada sílaba, que sai com esforço e dói o peso das memórias do melhor e do pior que as palavras trazem.

Como diria o Eugénio, "as palavras estão gastas". As palavras são ferros em brasa que queimam na carne a lucidez que ainda não quero enfrentar, são gotas insignificantes que se perdem se as lanço ao mar. As palavras doem-me.