Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Ele odeia que ela não responda às mensagens e e-mails que lhe envia com tanto carinho.


Ele odeia que ela pareça não sentir falta dele, a não ser quando acha que está em risco de perdê-lo.


Ele odeia saber que ela finge ser mais ocupada do que realmente é para não partilhar mais tempo com ele.


Ele odeia perceber que ela já estava em casa há hora e meia antes de ter pegado no telefone e, à pressa, dizer até amanhã.


Ele odeia que ela ache que ele lhe rouba tempo, privacidade ou liberdade.


Ele odeia que ela nunca se lembre de, por mimo ou graça, lhe enviar uma fotografia de que tenha gostado, um texto, comprar aquela insignificância que mostrasse que pensou nele.


Ele odeia sentir o desequilíbrio de quem carrega todo o peso das coisas.


Ele odeia que ela não escreva uma frase a pensar nele.


Ele acha que nunca será bom o suficiente para ela.


Ele sabe que nunca chegará aos calcanhares do outro em quem ela sorri quando recorda.


Ele odeia estar cativo dum amor assim.


 


 



 


 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.