Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem

Sou tua cliente há muitos anos, como sou cliente do Lidl, e em menor escala do Continente e do Mini-Preço. Vou ao que me der mais jeito, tenho as minhas preferências e como pessoa que tem de trabalhar para comer, os meus critérios passam, em grande parte, pela relação qualidade-preço, e sou grande consumidora de marcas brancas. Por exemplo, os lacticínios (queijos, iogurtes, manteiga, etc.) e cervejas do Lidl metem os vossos a um cantinho. Já os vossos detergentes metem os do Lidl a um cantinho, mas a selecção de vinhos é mais interessante. Nos cuidados pessoais (champôs, sabonetes, gel duche, etc.) prefiro o Continente, por aí fora.


Como o que mais gosto de fazer é viajar, aproveito todas as oportunidades para ganhar vantagens nas viagens, e por isso mesmo utilizo ao máximo o meu cartão de crédito, que me permite acumular milhas com as compras que faço. Como já disse, trabalho para comer e, como sou muito orientada e os €uros custam-me muito a ganhar, não concebo a hipótese de pagar o que quer que seja (excepto a minha casa) a prestações e pagar juros, pelo que tenho no cartão de crédito a opção de pagamento da totalidade dos valores, sem juros, uma vez por mês. Orgulho-me de não dever absolutamente nada a ninguém (excepto, como já disse, uma parte da minha casa ao banco que me concedeu o empréstimo à habitação).


Ora, muitas vezes, em tendo de fazer as compras normais do mês ou quinzena, opto por deslocar-me a apenas um estabelecimento. Desde que tenho o cartão das milhas, opto maioritariamente pelas lojas Pingo Doce em detrimento do Lidl, já que ali não posso utilizar o cartão. Os preços são bastante semelhantes na maior parte dos produtos, pelo que o factor decisivo passa mesmo pelas minhas queridas milhas. As vossas promoções não me convencem - nem os cabazes reúnem produtos que me cativem, muito menos a mega sacanice promoção dos 50%, mas esta apenas porque, por questão de princípios meus, só faria compras num 1º de Maio se se tratasse de uma questão de vida ou morte. (E já agora, aproveito para dizer que fiz muito bem, porque pouco depois fiz compras no Continente com 75% de desconto em cartão e não tive de perder meio dia de vida entre lutas selváticas pela última lata de atum.)


 


Ir ao Pingo Doce calha-me em caminho entre casa-trabalho-casa (graças a uma das lojas que têm em terminais de transportes públicos), pelo que muitas vezes passo lá só para levar pão quente para o jantar, um ou outro ingrediente que me falte para uma receita, ou seja, compras cujo total é normalmente abaixo dos 20€. E pago com o meu cartão de crédito, sempre que faça sentido (só acumulo milhas com valores superiores a 5€).


 


Assim sendo, querido Pingo Doce, com a tua nova medida, daqui por 10 dias, sempre que tiver de optar pelo supermercado mais conveniente para mim, cheira-me que o Lidl e o Continente vão passar a vencer mais 'assaltos' e que não me vais pôr a vista em cima tão cedo.


 


Foi bom enquanto durou, mas tudo o que é bom chega ao fim.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.