Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

Ventania

Na margem certa da vida, a esquerda.

origem


Viro costas, não te sigo mais por essas rotas.


Perdeste a bússola e vagueias, procuras quem não te quer achar.


Desmistifico, sei quem sou e não mais.


Na bagagem, três dedos de sensatez e as cicatrizes para te recordar.


Não há mais nada para ti aqui.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.